PT | EN
ENVIA-NOS UMA MENSAGEM geral@rostosolidario.pt
CONTACTA-NOS +351 256 336 001
FAÇA UM DONATIVO

Solidarity, Culture and Heritage

Solidarity, Culture and Heritage

Estado: em curso
Início: 16 de setembro de 2018
Conclusão: 15 de setembro de 2020
Local: Santa Maria da Feira
Parcerias:
Internacionais: OIKOS ORGANIZATION FOR INTERNATIONAL KOOPERATION AND SOLIDARITY ONLUS (IT) e Amycos Organización No Gubernamental para la Cooperación Solidaria (ES)
Locais: Centro Social Paroquial de Fornos (PT), Centro Social e Paroquial de São João de Ovar (PT), Sociedade Promoção Social Obra do Frei Gil (PT)
Entidade cofinanciadora: Erasmus+

O Solidarity, Culture and Heritage é um Projeto de Voluntariado coordenado pela Rosto Solidário e financiado pelo Programa Erasmus +

Tendo como ponto de partida o Ano Europeu do Património Cultural 2018 pretendeu-se com este Projeto aprofundar as ligações entre Solidariedade e Património Cultural através do contacto dos voluntários europeus com o Património Cultural local, da promoção do encontro de diferentes povos e culturas europeias e ainda do reconhecimento de que a solidariedade europeia é uma herança comum que importa preservar.

O projeto tem a duração de 24 meses e serão acolhidos em Portugal, na região de Ovar / Santa Maria da Feira, 6 voluntários, pelo período de 11 meses, provenientes de Espanha e Itália.

As organizações de acolhimento são o Centro Social e Paroquial de S. João de Ovar, o CAFAP e o Centro Social e Paroquial de Fornos. O projeto contempla três atividades com a duração de 11 meses cada uma e em que participarão 3 voluntários em cada uma delas, 1 por instituição de acolhimento.

Os voluntários desenvolverão atividades de: apoio e animação de idosos; apoio a atividades com jovens e crianças; recolha, gestão e distribuição de recursos a famílias carenciadas; dinamização de atividades na comunidade; workshops de educação para a cidadania global; projeto pessoal de cada SVE e atividades de comunicação e divulgação.

Serão ainda promovidas três atividades complementares: exposição fotográfica, conferência e workshop para jovens.

OBJETIVOS

  • Fomentar a participação ativa de jovens na sociedade em geral e no mercado de trabalho em particular;
  • Promover a diversidade, a compreensão de outras culturas e países e a identidade europeia;
  • Produzir resultados de aprendizagem nos voluntários através de novos conhecimentos, aptidões e competências linguísticas que favoreçam o seu desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Promover oportunidades às organizações de acolhimento de reforço de parcerias e aumento das suas capacidades, poder de atração e dimensão internacional;
  • Sensibilizar para o valor do voluntariado;
  • Comemorar localmente o Ano Europeu do Património Cultural 2018.
Testemunho

A minha experiência de Serviço Voluntário Europeu (SVE)

Já passaram quatro meses desde que cheguei a Portugal, um período aparentemente curto, mas muito intenso. Um período feito de altos e baixos, mas sem dúvida cheio de experiências e aventuras. Eu moro, desde outubro, numa casa confortável em Santa Maria da Feira, que fica a meia hora de distância do Porto, com as outras raparigas que estão a fazer o seu projeto SVE como eu.

O SVE é um programa de voluntariado internacional, financiado pelo Programa Erasmus + da União Europeia e tem como objetivo mobilizar os jovens em experiências de mobilidade para aprendizagem.

Decidi percorrer este caminho num período em que estava desorientada e confusa, mas ao mesmo tempo curiosa por conhecer novas pessoas e novos contextos.  Então, em vez de ficar num sitio onde conhecia tudo, decidi mover-me noutro lugar, para conhecer pessoas e culturas diferentes e fundamentalmente para me conhecer melhor.

Por agora, a maior parte das atividades do meu projeto são realizadas na sede do Rosto Solidário, para ajudar na divulgação do Projeto através dos portais Instagram e Facebook e em outras atividades, como por exemplo na organização do banco alimentar, criado para apoiar famílias carenciadas.

Além disso, dois dias por semana trabalho no Centro Social de Ovar, participando nas atividades de apoio para mulheres desempregadas com problemas de integração social. Estas atividades têm como objetivo promover competências úteis para que possam integrar-se na sociedade. No período inicial participei em atividades como workshops de Natal e ginástica. Agora vou começar uma atividade proposta por mim, vou ensinar inglês básico, tornando-me assim, mais ativa na promoção de competências.

No âmbito do meu Projeto SVE fiz também atividades extra como workshops sobre cidadania global nas escolas, atividade de reflorestação e outras promovidas pela Rosto Solidário.

Esta experiência, sem dúvida, leva-te a ser mais autónomo tanto na gestão da casa, como na tomada das decisões. No entanto, nunca falta o apoio da associação de acolhimento, por isso eu posso sempre contar com os seus conselhos e com o apoio da minha nova família, isto é, as minhas companheiras de casa.

O desafio maior para mim, assim como para outras, foi criar uma nova vida aqui em Portugal. Deixei o meu país onde conhecia todos, para ir para outro país onde não tinha amigos. Assim, fui participando em eventos e atividades, para conhecer mais pessoas e situações diferentes, testando-me sempre em cada situação.

Agora, no meio do meu percurso (11 meses), posso afirmar que começar esta aventura foi a melhor decisão por mim. Não porque chegando aqui os problemas e as dificuldades desapareceram, mas porque eu aprendi a enfrentá-los só com minhas forças.

Cristina Presello

GALERIA

Subscreva a nossa newsletter